quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Economia/ IOFxCPMF

Governo aumenta IOF pelo fato de não ter mais CPMF
De que adiantou acabar com a CPMF???

"o argumento é que haveria dupla cobrança do imposto e que foi desrespeitado o princípio constitucional da isonomia. Pelas medidas anunciadas pelo governo, a alíquota diária do IOF para pessoas físicas passou de 0,0041% para 0,0082% e criou-se um alíquota extra de 0,38%. O partido considera que há dupla cobrança para o contribuinte." Rodrigo Maia

Para o consumidor que faz financiamento, o IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) deverá pesar consideravelmente mais no bolso do que sua perda com a CPMF. Na média, operações de crédito a partir de um ano ficarão 1,5% mais caras. Isso sem contar a incidência adicional de 0,38% prevista para ser aplicada no momento da liberação do recursos, conforme afirmou o ministro Guido Mantega.

2 comentários:

Renato Bueloni Ferreira disse...

Muito interessante seu blog. Concordo com vc, mas acho que derrubar a CPMF ainda foi uma vitória importante. A sociedade está um pouco mais atenta e fez pressão contra a CPMF. Precisamos continuar botando a boca no trombone e não deixar que continuem nos "roubando".

Michelle Fernandes disse...

Pensando por esse prisma concordo com você. Pelo fato de a sociedade ser ignorante ou podemos dizer se deixar levar...
Mas para nós que sabemos e pagamos todos os impostos; sabemos que trocamos 6 por meia dúzia.Enfim...

Obrigada pelo elogio e comentário. Fique à vontade.
Sds,
Michelle